16/04/2013

CONSERVEIRA PORTUGUESA, Lda

(1935) "Conservas Conserveira Portuguesa, Lda" 
(Cardoso Abreu, João Ferreira Martins, António Oliveira) 

(1935) Inicia a sua actividade conserveira em Matosinhos, de uma forma verdadeiramente auspiciosa, conquistando os mercados lentamente, aperfeiçoando o seu fabrico diário, melhorando constantemente as suas instalações, sempre contanto com a competência dos seus gerentes. As marcas de conservas que comercializavam respeitavam elevados padrões de qualidade. As suas modelares e moderníssimas instalações mecânicas, aliadas a um bom conjunto de pessoal técnico especializado permitiram uma execução perfeita em todos os seus produtos. Os seus dirigentes não se pouparam a quaisquer gastos para aperfeiçoamento técnico, e para adquirir as melhores matérias-primas, procurando afastar os obstáculos a que este tipo de indústria está sujeito.

(1977) A unidade fabril foi adquirida pelo Sr. António Pinho Faustino. Introduziu várias alterações, aumentando a produção diária para 100.000 latas de conserva.

(1996) Ano de encerramento da fábrica, devido a um incêndio.

(2013) O património foi demolido. Deu lugar a habitações de luxo.


Sem comentários:

Enviar um comentário