08/06/2013

FÁBRICA DA TRIPA

(1937) "Soc. Prod. Óleos e Farinhas de Peixe, Lda."
(Instituto Português de Conservas de Peixe) 

(1937) A 5 de Janeiro, o "I.P.C.P." fez inaugurar solenemente a Fábrica de Farinhas de Peixe que, de harmonia com os industriais das conservas, havia instalado em Matosinhos.

Do primeiro concelho de administração fizeram parte o Sr. Eurico Felgueiras, Afonso Barbosa e Dr. Fernando Matos. Apesar da cerimónia de inauguração, a caldeira a vapor acendeu-se pela primeira vez a 11 de Novembro de 1936. Nos primeiros anos de produção apenas nove fábricas forneceram os seus detritos. Apesar de tudo, esta unidade estava muito bem equipada e tecnicamente bem dirigida.

As condições higiénicas das fábricas de conservas foram melhoradas por terem deixado de trabalhar os seus resíduos nas próprias instalações. 

Nos últimos anos da década de 80, um dos inconvenientes era o mau cheiro, desagradável que incensava grande parte da cidade e assim, teve de ser encerrada.

(2013) O património foi demolido. Deu lugar a habitações de luxo.

Sem comentários:

Enviar um comentário