11/11/2016

CRISE "FÁB.CONSERVAS PINHAIS"

"No dia 26 de Outubro de 2016 as trabalhadoras da Fábrica de Conservas Pinhais", em Matosinhos, concentraram-se à porta da empresa exigindo o pagamento de salários em atraso.

Segundo foi possível apurar, cerca de 100 trabalhadoras e suas famílias enfrentam, actualmente, uma situação social e económica muito difícil, sem remuneração salarial há dois meses."

(2016.11.10 - "Jornal O Matosinhense)

Sem comentários:

Enviar um comentário